30.12.11

Pela América do Sul!! Buenos Aires – 2010.

Pra acabar 2011, mais um relato sobre minhas andanças pelo mundo. Fazer uma viagem é sempre um problema, pois voltamos com uma vontade enorme de ir de novo.
Em 2010 a viagem foi menor, pois a poupança pra conhecer a terra do Tio Sam já estava em andamento, então fomos pra Buenos Aires.
Fomos eu, mamis e papis!! O vôo saiu de Cumbica bem cedo então madrugamos no aeroporto, fizemos o check-in, meu viciado em café tomou seu último em terras brasileiras e lá fomos nós, voando British Airways rumo a cidade que arrebataria nossos corações.
Desta vez a gente viajou com um grupo. O guia nos esperava no aeroporto de Ezeiza, tudo tranqüilo com a imigração e seguimos pro hotel (Park Center Hotel, pertinho do Obelisco e muito bom) para deixar as malas e explorar a cidade.
Primeira parada: Obelisco, de lá caminhamos até a praça de maio onde conhecemos a belíssima Catedral Metropolitana e fotografamos a famosa Casa Rosada. Almoçamos em um restaurante ali perto (São Francisco de La Gota), uma comida deliciosa com uma Quilmes pra acompanhar. Retornamos ao hotel pela Avenida de Mayo e a noite caminhamos pela Av 9 de Julio e jantamos fast food.

No dia seguinte, acordamos cedo e tomamos um delicioso café da manhã antes de seguir para o City Tour que teve parada na Praça de Maio e depois seguiu para o Caminito. Amamos este bairro popular e gracioso, mas o tour não passou pela Bombonera e acabamos não voltando depois (motivo pra voltar!!). Passamos por Puerto Madero, Cassino Flutuante e voltamos ao hotel.

A tarde fizemos um chatíssimo tour de compras e a noite o maravilhoso Sr Tango, com direito a um delicioso jantar e um lindo show. O espetáculo é um pouco longo, mas é imperdível! Nós amamos e o patriotismo Argentino nos tocou e nos cativou ainda mais. Cansados e felizes retornamos ao hotel para uma merecida noite de descanso.

 Terceiro dia: Depois do café da manhã resolvemos ir ao bairro da Recoleta, e como a gente é teimoso decidimos ir de metrô e acabamos andando muuuito. O Cemitério da Recoleta, onde está enterrada Evita Perón é um daqueles passeios que considerei extremamente dispensáveis (não gosto de cemitério em lugar nenhum) e que só valeu a pena pra ver o papis se achando o guia turístico indicando o caminho para o famoso túmulo e pelo susto que a mamis levou quando foi espiar dentro de uma cripta de vidro e deu de cara com um caixão. Saindo de lá, assistimos a missa em uma linda igreja que fica ao lado chamada Nuestra Senhora Del Pilar e voltamos pro hotel.




A tarde a gente foi conhecer o famoso Café Tortoni e amamos. Papis até comprou uma xícara pra ele. Voltando para o hotel demos de cara com uma manifestação de primeiro de maio. Eu, medrosa por natureza, queria sair de lá, mas o papis encarou e foi bem diferente. Além disso, a Av 9 de Julio estava interditada e pudemos caminhar pelo meio da rua. Muito bacana.
A noite a gente foi pra Plaza Italia, pois ia ter show do Caetano. Estava lotado e super organizado, mas a gente só deu uma volta e voltamos ao hotel.









No último dia levantamos cedo de novo pra aproveitar bem o dia. Depois do café saímos pra explorar a cidade. Mamis assustou a gente caindo em frente ao Obelisco. 
Na hora apareceram guardas oferecendo ajuda mas ela recusou e seguimos em frente. Passamos pela Praça de Maio (de novo) e caminhamos até Puerto Madero. 

Caminhamos pelo bairro, passeamos pela Puente de La Mujer e conhecemos a Fragata Sarmiento (papis e mamis amaram, mas eu fiquei com um pouco de fobia). Caminhamos até a Calle Florida para conhecer a Galeria Pacífico (linda) e pro papis tomar o melhor cortado da cidade (café com conhaque) no Florida Garden. 
De volta ao hotel pra começar a arrumar as malas e descansar um pouco e depois seguimos (papis e eu) para Alvellaneda para assistir Independiente e Boca Juniors. Antes parada em clube de “várzea” pra conhecer e tomar uma Quilmes (nós tomamos água). O clube era tão perto do estádio que a gente foi a pé, numa estrutura bem bacana feita pela própria torcida organizada do Independiente. Ficamos no meio da arquibancada e amamos o que vimos. Eu e meu pai somos apaixonados por esportes e, com certeza, esta foi a melhor experiência da nossa viagem. A mamis que detesta futebol ficou no hotel descansando.

Hasta Luego BA: Nosso translado pro aeroporto foi bem cedo e chegamos com bastante antecedência pra fazer o check-in, passar na imigração e pra fazer as compras no free shop (compramos tudo lá pra não precisar passar no free shop na chegada). Ainda sobrou um tempinho pra tomar nossa última coca/café em terras argentinas e embarcamos no avião que seguia para Londres, mas a gente teve que desembarcar em São Paulo. Na alfândega a gente passou pelo raio-x e pegamos o ônibus pra voltar pra casa.

Foi tão rápido que ficou um gostinho de quero mais e, com certeza, voltamos um pouquinho argentinos.
23.12.11

Balanço de fim de ano!!

“Mais um ano vai, outro ano vem...”

As festas de fim de ano sempre foram muito especiais pra mim. Aqui em casa, não temos grandes festas e celebrações, mas temos uma família que se ama e se respeita o ano todo. Na mesa da ceia não falta o prato favorito de ninguém, mas o mais importante é que ao redor da mesa não falta amor!!

Acho essa época de Natal e Ano Novo importante. Não abro mão de montar meu presépio e minha árvore de Natal e, também não abro mão de comer o que gostamos, mas pra mim, o mais importante é lembrar de agradecer por tudo, até pelas dificuldades.

No final do ano passado, até essa alegria de celebrar me faltava, a depressão estava batendo na porta, querendo viver comigo, mas logo no comecinho de 2011, depois de muita oração e muita fé eu pedi demissão do emprego. Eu tinha uma viagem marcada e paga então tirei uns meses pra colocar meu coração e minha cabeça em ordem. Fui pros EUA, me apaixonei pela Estátua da Liberdade e cai de amores pelo rato mais lindo. Voltei renovada e fui arás de um novo caminho.

Hoje, com o Natal batendo a porta, eu estou feliz. Mudei de profissão, o salário encolheu, trabalho até mais tarde, mas não tem problema porque hoje eu me sinto feliz.

Eu acredito em Papai Noel (sem julgamentos!!), acredito que abracei e beijei o Mickey Mouse, acredito nos sonhos e na felicidade, acho que isso só prova que dentro de mim ainda existe uma criança e, espero que ela viva comigo pra sempre. No começo do ano a Disney pra mim era coisa de criança, hoje é lugar de realizar sonhos... Regredi??? Acho que não, acredito que evolui...

Acima de tudo acredito em Deus, Ele é o Senhor de todas as coisas e permanece comigo por todo o tempo que O aceito. E tenho certeza de que Deus só me oferece coisas boas, as ruins são frutos dos meus erros de julgamento. Acredito também que minhas ações valem mais do que as minhas palavras.

“Senhor, dá-me serenidade para aceitar tudo aquilo que não pode e não deve ser mudado. Dá-me forças para mudar tudo o que pode e deve ser mudado. Mas acima de tudo, dá me sabedoria para distinguir uma situação da outra.”

Feliz Natal e que 2012 seja mágico!!
5.12.11

Meu Corinthians Campeão!!

Agora uma pausa nas viagens pra uma dupla homenagem!!

Primeiro ao Dr Sócrates, ídolo da Nação Corinthiana, que ontem partiu pra junto de Deus. Meu pai cresceu acompanhando este belíssimo atleta e conta lindas histórias sobre ele. Nestes tempos atuais, faltam pessoas com o amor a camisa que Dr Sócrates sempre teve. Que ele possa estar em paz!!
Descanse em paz Doutor!!

E agora, ao meu Corinthians!! Campeão Brasileiro de 2011!!

É verdade o que dizem que se nasce Corinthiano, pelo menos comigo foi assim!! A paixão começou com meu avô, contagiou seus filhos, netos e agora, habita até os corações das bisnetas! Aqui em casa sofremos, torcemos, vibramos e acreditamos sempre juntos e, se pudesse falar com o meu avô, agradeceria e comemoraria com ele mais um título. Mas agora, minha fé me diz que ele está no céu, quem sabe até comemorando com o Dr. Magão.


Parabéns Corinthians e Parabéns Corinthianos!! Nós merecemos esta conquista.
Família preparada pra soltar o grito.
Pentacampeão!!!!!

4.12.11

Pela Europa!! Parte 05 - Disneyland Paris...

Acho que este dia merece um post especial!!

Acordamos com destino incerto. A programação nos levava pra Disney, mas o tempo não estava firme. Vou confessar que eu não queria ir, mas ela me convenceu e não me arrependi. Ainda não foi aqui que minha paixão pelo mundo do Walt começou, mas gostei muito do que vi.
A Disneyland Paris fica a uns 45 minutos de trem de Paris. Como era nosso último dia, compramos ingresso 1 day/1 park e decidimos pelo Disneyland Park.
Antes dessa viagem eu ainda não tinha conhecido o VPO e não tinha nada planejado, por isso peço desculpas pela falta de detalhes, mas aproveitamos bastante, pois o parque estava vazio. 
E, com certeza, um dia quero voltar e aproveitar muito mais.
Logo na entrada vimos a Ariel com o Eric pra tirar fotos, mas fiquei com vergonha de entrar na fila com todas aquelas crianças (que bobagem, não acham?). Vimos também Mickey e Pooh de longe.
Nossa primeira atração foi uma montanha russa no escuro (acredito que tenha sido a Space Mountain 2) sem fila nenhuma, a gente crente que era tranqüilo afinal, estamos na Disney!! O Tico e o teco estão defeituosos até agora. Saí de lá sem andar em linha reta.
De lá fomos pro Buzz e assistimos a um show do Stitch bem legal. Depois disso não tenho mais certeza da ordem mas conhecemos o It´s a Small World (amo montanha encantada), Piratas do Caribe, Branca de Neve, Peter Pan, a atração da Alice já estava fechada. Paramos pra almoçar em um anfiteatro que passava desenhos do Mickey que era muito legal e demos sorte, porque enquanto a gente comia o mundo começou a desabar. Muita chuva, mas não demorou muito pra parar e seguimos com nosso passeio.

 A gente passeou com um barquinho bem legal, mas o Railroad já estava fechado quando a gente tentou ir.
Uma coisa que aprendi aqui e foi reforçado pelos meus amigos do VPO é sempre prestar atenção aos horários das atrações pra não perder nada.
Assistimos um show em frente ao castelo, a linda parada Once Upon a Dream e vimos uma parada parecida com a Move it, Shake it, Celebrate it. Amamos.



Cansadas e felizes ainda passeamos pela Disney Village para mais algumas fotos e compras. Aqui, mais um aprendizado: Nem tudo que tem na Disney Store tem nos parques e vice versa. Por isso, em nossas últimas horas em Paris voltamos a Champs- Elysee pra comprar uma pequena sereia vestida de noiva que eu queria trazer pra minha princesa. E assim, nossa aventura chegava ao fim.



Do hotel pro aeroporto pra uma conexão em Roma antes de voltar ao Brasil cansadas, felizes e já planejando nossa viagem de 2011!! USA aí vamos nós... Mickey Mouse nos espera...


Considerações Finais: Pras nossas próximas viagens, não viajaria mais com um grupo pois não podemos escolher o hotel!! E não faríamos tantas cidades, porque cansamos muito e no final acabamos não aproveitando como a gente queria!!

Pela Europa!! Parte 04 - Bruges e Paris.

Acordamos cedo pra tomar nosso último café inglês, descemos nossas malas e embarcamos no ônibus rumo a Dover, pra pegar o ferry que nos levaria pro outro lado do canal!! A viagem foi tranquila, mas estava muito frio e o barco balançava bastante. Uma hora e meia depois chegamos a Calais e seguimos rumo a cidade de Bruges.

A cidade é linda. Bem diferente dos outros lugares que conhecemos, pena que tínhamos somente algumas horas, mas deu pra conhecer alguns lugares e comer umas bolachinhas deliciosas e comprar alguns chocolates belgas pra trazer pra casa. Fizemos um City Tour bem rápido e seguimos rumo a Paris. Chegamos no hotel a noite e foi banho e cama.

Depois do café da manhã seguimos rumo a Versalhes. A primeira vez que fui a Versalhes o guia nos levou para um passeio pelo palácio que lembrava ter sido bem legal, mas eu não andei pelos jardins.
Desta vez, o guia só nos deixou lá e fomos direto pros lindos jardins e quando conseguimos comprar o ingresso, faltava pouco tempo pro passeio e a gente acabou vendo tudo correndo. A gente nem devia ter comprado ingresso, mas valeu. Na saída compramos 5 chaveiros da torre por EUR 1.00. Devia ter trazido mais...

De Versalhes para Paris. Primeira parada no Louvre, Torre Eiffel e Museu dos Inválidos (somente para fotos) e, voltamos pro hotel. Descansamos um pouco e quando saímos pro passeio noturno caiu uma tempestade, mas passou logo, e seguimos rumo a Mont Martre pra visitar a Sacre Coeur e passeas pelos seus arredores. Parada pra comer um crepe parisiense e um waffle com Haagen Dazz. 

Ficamos aguardando o grupo descer na base do Funiculare e na volta paramos em frente ao Moulin Rouge pra deixar uma parte do grupo que iria assistir ao show. Mais uma noite de merecido sono.





No dia seguinte exploramos a cidade sozinhas. Depois do café da manhã seguimos pra Catedral de Notre Dame que continua linda mas, mais uma vez, o Corcunda não estava por lá. Saímos da catedral com uma garoa fina e seguimos caminhando as margens do sena até o Museu do Louvre. Em 98 os museus estavam em greve então, esse era inédito pra mim. Como não somos muito fãs de museus e a gente já estava bem cansada da viagem nos limitamos a ir da entrada a Monalisa, de lá até a Vênus de Milo e saída!! 
Muitas fotos com as pirâmides e fomos comprar lembrancinhas nos arredores do museu e encontramos uma família que estava com a gente no tour da Itália.
Seguimos com eles até o Arco do Triunfo de metrô. Eles seguiram pela Champs-Elysee e nós fomos até a base do Arco, mas o cansaço nos impediu de subir. Caminhamos pela Champs-Elysee.


De lá, seguimos pra Tour Eiffel. A fila pra comprar ingresso estava enorme, mas encaramos, pois a vista lá de cima vale a pena e a Joy não conhecia. Como a gente viajou na primavera, demorou bastante pra anoitecer. Decidimos não fazer o passeio de Bateau Mouche e cruzamos o Sena pra aproveitar o anoitecer do Trocadero. Começou a chover, mas não arredamos o pé. 
Quando a torre acendeu pela primeira vez ainda não estava completamente escuro, mas não esperamos mais porque estava muito frio e a gente estava encharcada. Vou dizer que não gostei da iluminação, mas está explicado porque, não é!?! Acho que preciso voltar!! Voltamos ao hotel pra um banho quente e cama.




3.12.11

Pela Europa!! Parte 03 - Londres

Dia de realizar o sonho de conhecer Londres!! Neste dia madrugamos, pois nosso voo saia cedo e o translado pro aeroporto era 3 horas antes do voo. Chegamos ao Fiumicino, fizemos o check-in e ficamos aguardando a hora do embarque. O avião era bem vagabundo, mas graças a Deus deu tudo certo. Chegamos ao Heathrow e não tinha ninguém na fila da imigração e me deu um certo frio na barriga, o agente fez muitas perguntas mas carimbou minha entrada!! Ufa...


Infelizmente o hotel em que nos hospedamos era bem longe do centro da cidade, mas era um bom hotel e ficava perto de uma estação DL (nosso trem). Tranquilo, certo?? A gente só não sabia que a estação fecha aos finais de semana e chegamos em Londres em um sábado!! rs


Pegamos um ônibus até a estação mais próxima e de lá seguiríamos pra Bakery Street pegando só uma linha. Mas, Londres estava testando meu amor e, nos fins de semana trechos do metrô fecham pra manutenção portanto, ao invés de uma linha, precisamos utilizar cinco. Finalmente chegamos, e fomos conhecer o famoso Madame Tussauds. Nem preciso dizer que amamos. Tiramos zilhões de fotos e curtimos bastante. 

Na saída liguei pra casa de um daqueles tradicionais orelhões ingleses e a bordo de um ônibus inglês seguimos até a Trafalgar Square, pois nosso próximo destino era conhecer o Big Ben e passear na London Eye. 






Chegamos lá preparadas pra pegar uma fila imensa, mas demos sorte e não tinha fila. Em menos de 10 minutos embarcamos na Roda Gigante do Milênio e ficamos maravilhadas com o que vimos. A vista é linda, especialmente como pôr do sol.







Saímos de lá com fome e paramos em um Mc pra comer (comemos no Mc em todos os países que passamos) e passeamos um pouco pelas margens do Tâmisa antes de embarcar no metrô de volta pro hotel.






No dia seguinte, finalmente tivemos o prazer de tomar um café da manhã decente e saímos pro City Tour. Primeira parada: Tower Bridge, a torre é deslumbrante, mas o tempo era curto então não caminhamos por ela. O City Tour passou por vários pontos turísticos mas a próxima e última parada foi no Palácio de Buckingham para assistir a troca da guarda. A cerimônia é longa, mas pra gente era obrigatória. Estava cheio, mas conseguimos um bom lugar. Tarde livre pra passear e aproveitamos pra gastar muitas libras na Lillywhite (uma loja que mais parece um shopping, com artigos esportivos bem em conta. Fiz a festa.)


A loja fica na Piccadily Circus e passeamos pelas redondezas pra conhecer algumas lojas ,inclusive a Hamley´s, uma loja infantil maravilhosa. A noite jantamos em um restaurante chinês do tipo all you can eat e passeamos pelo Soho antes de voltar ao hotel.


Em nosso último dia em Londres, acordamos cedo pra tomar café da manhã e pegamos o DL rumo ao Emirates Stadium pra tentar fazer um tour, mas nesse dia não teria tour então tiramos fotos, conhecemos a loja e resolvemos ir ao outro extremo da cidade conhecer Wimbledon. Aqui em casa somos fãs de tênis e passear pelo museu e depois fazer um tour por todo o complexo foi emocionante. Um dia quero voltar lá com meus pais, pois foi inesquecível. E o bairro é bem afastado, parece até uma cidade mais interiorana. Amamos.



Voltamos a região da Piccadily pra uma última visita e aproveitamos pra comer um junk food no Burguer King e voltamos pro hotel pra arrumar as malas e pra uma última noite de sono às margens do Tâmisa.
No dia seguinte rumaríamos para Paris, com parada em Bruges - Bélgica.


Meu time vai comigo aonde eu vou!! O Corinthians carrego
no coração e a bandeira vai comigo na mochila!!!!

About Me

Minha foto
Fer Santos
Sou uma pessoa que ama viajar e, em 2011, me apaixonei pelo mundo mágico de Walt Disney!!
Visualizar meu perfil completo

Roteiros Personalizados

Roteiros Personalizados
A melhor forma de não perder nada em Orlando
Tecnologia do Blogger.

Seguidores