28.11.14

Planejando uma viagem!!

Eu sou uma daquelas viajantes que considera o planejamento tão importante quanto a viagem em si, e eu gosto muito de pesquisador e estudar bem os meus destinos para poder aproveitar bem.
Para mim tudo começa com a passagem aérea, pois eu a viagem só é real para mim quando eu tenho o ticket emitido. Eu sempre pesquiso na internet (sites das companhias e sites como decolar), mas acabo fechando com uma agência de viagens, pois eles sempre acabam cobrindo o preço e acabam dando um suporte caso tenha algum problema.
Com a passagem emitida, a contagem regressiva é instalada no celular e a busca pelos hotéis começa. Nas minhas primeiras viagens sempre fechei os hotéis também com a agência, mas hoje os sites como hoteis.com, booking e etc acabam tendo preços mais convidativos e alguns deles até parcelam o pagamento. Então eu pesquiso bem, pego algumas indicações e fecho por um deles. Logo após a confirmação da reserva mando um e-mail para o hotel confirmando e faço o mesmo alguns dias antes da viagem para tentar me precaver de algum problema e por enquanto funcionou bem.
Depois dos hotéis reservados é hora de fechar o seguro e o aluguel do carro costumo fechar pela agência também pois os preços são sempre parecidos com os oferecidos pelos sites.
Depois de tudo reservado, estudo cada uma das cidades visitadas, listo os pontos turísticos que quero conhecer, me debruço sobre o mapa para separar os dias e é segurar a ansiedade até o dia de embarcar.
26.10.14

Eurotrip 2014 - Hotéis.

Na viagem desse ano foi a primeira vez que eu fiz todas as reservas dos hotéis sem utilizar um agente de viagens. Na verdade eu usei o hotéis.com pela primeira vez em 2012 para reservar o hotel de Santiago, mas dessa vez eram muitos hotéis e bateu um medinho, só que a diferença entre os preços era bem grande e resolvi arriscar.
  • London House Hotel - 81, Kensington Gardens Square. Achei o hotel muito bem localizado e limpo. O quarto não era grande, mas comportou duas pessoas e as bagagens muito bem, frigobar no quarto e internet grátis. O hotel fica há poucos quarteirões da estação de metrô Bayswater, perto de Paddington. O café da manhã não estava incluído em nossa reserva e custava 7 libras por pessoa, mas achamos melhor tomar café no quarto ou em uma loja Pret A Manger que ficava perto. Bem perto do hotel tem um shopping e praticamente todo dia a gente comprava nosso jantar em um supermercado que fica ali. Voltando a Londres, ficaria nesse hotel novamente sem dúvida alguma. Eu utilizei o hoteis.com e paguei a reserva antecipada.
  • Ibis Porto Gaia - Rua Martires de Sebastiao 247. Hotel simples, sem frigobar e a localização pode não ser considerada a melhor pois ele fica em Gaia, um pouco longe do circuito turístico do Porto, porém o estacionamento e a internet eram gratuitos e a vista da frente do hotel era deslumbrante. O café da manhã era pago a parte e custava 6 euros por pessoa, mas valeu cada centavo porque era tudo fresquinho, saboroso e eu ainda comia pelo menos dois pastéis de nata todas as manhãs (Só de lembrar dos pastéis de nata eu começo a salivar). Eu reservei o quarto pelo booking, paguei no check out em dinheiro e não tivemos nenhum problema.
  • Hotel Lux Fátima - Av. D. José Alves Correia da Silva, Lt. 2. Esse foi um dos nossos grandes debates pré viagem, pernoitar ou não em Fátima, mas eu não consegui ver nenhuma lógica em dirigir até Lisboa e voltar em outro dia até Fátima. Esse era nosso único hotel 4 estrelas da viagem e a diária é mais salgada, mas como era uma noite só deu pra encarar. Impossível achar localização melhor, extremamente perto do Santuário de Fátima, eu via a basílica da minha janela. Hotel excelente, estacionamento e wifi grátis, café da manhã incluso na diária com bastante variedade e bem gostoso (sem pastéis de nata :(). Pedimos um late check out, mas eles não puderam liberar porém permitiram que deixássemos o carro no estacionamento até mais tarde. A reserva foi feita pelo booking e o pagamento foi feito em dinheiro também no check out.
  • Hotel Príncipe Lisboa - Av Duque Ávila, 201. Hotel bem localizando, em frente a estação São Sebastião do metrô e perto de um shopping com um supermercado digno de uma passadinha diária. Café da manhã e internet incluídos na reserva e só posso dizer que sinto muita saudade do café da manhã português. O quarto era grande, com sacada e banheiro espaçosos. Apesar do nosso voo super cedo ainda conseguimos tomar café, solicitamos um táxi na recepção (super atenciosos) que chegou bem rápido e o trajeto até o aeroporto foi bem rápido também. Fiz a reserva pelo hoteis.com com pagamento antecipado e não tivemos nenhum problema.
  • Salisbury Hotel 123 W 57th St. Nosso hotel em NYC não deixou nada a desejar com relação a localização, afinal a gente tinha Central Park praticamente em nosso quintal, Quinta Avenida, Times Square e Rockfeller Center a uma curta caminhada, porém a internet era paga (e carinha). Quartos enormes, banheiro espaçoso, porém com aquelas cortinas de plástico bem nojentas. Hotéis em NYC são caríssimos e esse foi o que mostrou o melhor custo/benefício e não decepcionou. Em uma próxima viagem voltaria a ficar nele sem dúvida alguma. Reservei pelo hoteis.com também com pagamento antecipado. 
Bom, essas foram nossas inúmeras "casas" fora de casa e eu voltaria a me hospedar em todos eles. Com relação as reservas pela internet, a dica é sempre mandar um e-mail para o hotel para confirmar a reserva. A neurótica aqui mandou e-mail três vezes (logo após a reserva, uns dois meses antes e na semana da viagem... rs)e fico feliz por ter dado tudo certo. 
Se você tiver alguma dúvida é só deixar um comentário que vai ser um prazer ajudar.



17.10.14

Eurotrip 2014 - Conexão em NYC - 12/05

Ladie´s Pavilion
Em nosso último dia de viagem a gente levantou cedo como de costume
Bow Bridge
e caminhamos até a Columbus Circle para pegar o metro e descemos perto do Museu de História Natural. Logo que entramos no Central Park a gente procurou o Ladies´ Pavilion, um lugar lindo e super tranquilo em uma deliciosa manhã de segunda. Depois de apreciar a cidade vista de cima das pedras que ficam por ali, caminhamos até a Bow Bridge que a gente só tinha visto de longe da outra vez. Seguimos caminhando até Betheseda Fountain e ali perto encontramos a Estátua da Alice, e eu tive a sorte de encontrá-la vazia o que nos rendeu lindas fotos. Nesse ponto a Joy estava sentindo bastante dor nos pés e resolvemos voltar pro hotel. No caminho até o metro ainda ouvi uma musiquinha ao vivo e
Bethseda
Fountain
tirei uma foto em Strawberry Fields.
O meu irmão tinha me pedido pra comprar uma pulseira da Pandora, então fui procurar pela região enquanto ela voltou pro hotel pra descansar. Achei a pulseira naquele shopping que fica na Columbus Circle e decidi passear um pouco até a hora do check out. Caminhei pela 5th Avenue e depois voltei para o check out. Como ainda faltava bastante tempo pro carro vir buscar a gente, decidimos sair um pouco. Andamos até a Times Square e almoçamos no Applebee´s. Entramos em todas as lojas da região procurando uma carteira pro meu irmão e nada, só fui achar na Guess da 5 avenida horas depois. Mas pelo menos achei uma Starbucks que vende Cheesecake
Alice
Factory no caminho e me deliciei. Cansadas de tanto andar, voltamos pro hotel e esperamos o carro vir nos buscar e o serviço foi super pontual. Chegamos no aeroporto super cedo, mas já conseguimos despachar as malas e ficamos passeando pela área do embarque que foi super pontual. Voo super tranquilo e cedinho a gente já estava em casa. Tudo tranquilo na alfândega, foi só esperar a mamis chegar pra voltar pra casa. 
Columbus Circle


3.10.14

Eurotrip 2014 - Conexão em Nova Iorque - 11/05

Skyline de Manhattan visto do Brooklin.

Como teríamos somente um dia inteiro em NYC, acordamos bem cedo e pegamos o metro rumo ao Brooklin. Me perdi um tico mas consegui chegar ao Brooklin Bridge Park. Na minha viagem de 2011 eu pulei essa parte do passeio porque estava mega cansada e me arrependi muito, então coloquei ele logo cedo pra não correr o risco e não me arrependi nem um pouco. A vista de Manhattan, da Estátua da Liberdade e da ponte do Brooklin valem realmente a visita. Como a gente tinha horário marcado para visitar o Memorial do 11/09 às 10h, não deu tempo de esperar os melhores lugares para tomar café da manhã por ali abrir e tomamos café no Starbucks antes de encarar a deliciosa travessia da ponte. O dia estava lindo, e o
passeio valeu super a pena, mas como já era mais de 9h30 a gente foi bem rápido para não perder o horário da nossa reserva, mas na verdade essa reserva nem seria necessária porque estava vazio e não tinha fila nenhuma para quem não tinha reserva. A segurança é super rigorosa, equivalente a segurança do aeroporto e da estátua da Liberdade. E mais
Memorial de 11/0
uma vez foi um passeio que gostei muito de ter incluído no meu mini roteiro. O lugar é lindo, uma linda homenagem as pessoas que morreram naquele dia tão triste, caminhei ao redor das piscinas e todos aqueles nomes, alguns com uma flor em homenagem aos seus aniversários me fizeram pensar em quantas famílias ainda sofrem os efeitos daquele dia terrível. 
Nossa próxima parada era a Century 21, mas a loja ainda não tinha aberto e resolvemos caminhar até o Battery Park para admirar a Estátua, mesmo que de longe e de bônus tirei mais uma foto com o Bronze
Bull. Chegamos a Century 21 e, mesmo sem gostar de compras, ela detonou nosso roteiro. Ficamos um pouco mais de duas horas lá dentro e saímos com tanta sacola que precisamos voltar ao hotel para deixar as sacolas e depois pegamos o metro para continuar o roteiro.
Pegamos o metrô até o Chelsea Market e, como a gente estava morrendo de fome aproveitamos para almoçar comida mexicana e ainda me joguei no famoso Fat Witch brownie (bom é pouco e como não sou boba já aproveitei e levei mais um pra comer no hotel).

Saindo de lá, fomos caminhando até o prédio em que ficava o
apartamento da Carrie em Sex and the City e como a gente estava perto visitamos também a fachada do prédio que foi utilizado em Friends (não disse que amo visitar locações de filmes/séries). Como a gente estava perto, nossa próxima parada foi o Washington Square Park e como o dia estava bem quente o parque estava lotadooo. Ficamos um tempo por lá, assistindo as apresentações que as pessoas fazem e quando resolvemos sair de lá a gente não conseguia achar a estação de metro, rodamos bastante até que conseguimos encontrá-la e voltamos para a Times Square pois eu precisava comprar uns cartões pro PS3 na Toys r us e ainda tentamos jantar no Olive Garden, mas tinha uma hora de espera e desistimos.
Prédio do Frien




Washington Square
Park.

Voltamos ao Rockfeller Center para visitar a loja da 
Rockfeller
Center.
Lego e no caminho aproveitei para comprar red velvet cupcakes para matar a vontade. Visitamos a loja da Lego, passeamos por ali e pegamos a Quinta Avenida para voltar ao hotel. Parada rápida em um mercadinho perto do hotel pra comprar umas porcarias pra comer e voltamos para arrumar as malas porque nossa escala estava chegando ao fim.


Times Square.






24.9.14

Eurotrip 2014 - Lisboa - Nova Iorque - 10/05

Public Library
Vou confessar que ir pro aeroporto e deixar Portugal para traz foi bem triste, a única coisa que me acalentava um pouco a alma era que eu teria uma escala de dois dias em NYC. A gente acordou cedo, as malas já estavam praticamente prontas, nos trocamos e descemos correndo para tomar café da manhã bem rapidinho antes de pedir um táxi pro aeroporto. 
A estação de metro que passa na porta do hotel vai direto pro aeroporto, mas como não tinha escada rolante em algumas partes da estação a gente optou pelo táxi e saiu bem barato (10 euros) e também foi bem rápido. Chegamos cedo no aeroporto, fizemos o check-in, despachamos as malas e passeamos um pouco pelo free shop antes de ir pro portão de embarque esperar o voo que saiu na hora e foi bem tranquilo até NYC. 
Grand Central.
Eu pesquisei bastante sobre as possibilidades para ir de Newark para Manhattan e acabei reservando um carro com a Carmel Limo. A fila da imigração estava enorme e perdemos mais de uma hora lá, mas foram poucas perguntas e já nos liberaram. Liguei pra Carmel de um telefone fixo para um número de tool free e em poucos minutos o carro chegou pra nos pegar no local combinado. O tempo estava bem fechado e choveu bastante enquanto a gente estava na fila da imigração mas a chuva parou antes da gente chegar no hotel.
O caminho até o hotel foi tranquilo, quando chegamos o quarto já
O Famoso Shake Shack
estava liberado então foi só deixar as malas no quarto e sair pra passear pela cidade.
Pegamos o metro perto do hotel para ir a Grand Central e no caminho passamos pela NY Public Library, mas não entramos. Na Grand Central a gente aproveitou para experimentar o famoso sanduíche do Shake Shack e passear um pouco por lá. Passamos pelo Bryant Park, mas começou a garoar. Então seguimos caminhando até Times Square e, posso fazer mais uma confissão?, esse é o único lugar muvucado que me faz feliz. 
Amo passar por cenários de filmes em NYC.
Você se lembra desse??

Bryant Park

Disney Store.
Eu tinha comprado algumas coisas na loja online da Lids e passei na loja da Times para retirar, depois visitamos a Loja da M&M´s, Disney Store (encontramos o Olaf para se juntar a Elsa inglesa e a Ana portuguesa) e a Toys r us, mas já estava meio tarde e decidimos ir ao Rockfeller Center visitar a loja da Lego que já estava fechada, então pegamos a Quinta Avenida e caminhamos até o hotel. No caminho, parada rápida na Starbucks para usar o wifi e ligar pra casa e depois foi banho e cama porque em fuso horário europeu a gente já estaria com Morfeu há muito tempo.





Felicidade pouca é bobagem...

Rockfeller Center

18.9.14

Eurotrip 2014 - Lisboa e Sintra - 09/05

Estação Rossio.
Nosso último dia de passeios por Portugal começou cedo, depois do
Travesseiro de
Sintra, famoso e
delicioso.
café da manhã pegamos o metro até a estação Rossio onde pegamos o trem para Sintra. Compramos o ticket de ida e volta na estação e a viagem foi bem tranquila. Descemos na estação de Sintra e em poucos minutos estávamos a bordo do ônibus turístico que te leva aos pontos principais da cidade.
Diferente de Lisboa, o tempo em Sintra estava horrível, muito nublado e bem frio. Como a gente poderia descer e pegar outro ônibus em qualquer ponto enquanto o ônibus está subindo a gente decidiu descer no Centro Histórico e entramos em algumas lojinhas, compramos os famosos Travesseiros de Sintra na Periquita e logo pegamos o próximo ônibus para o Castelo dos Mouros. 
Castelo dos Mouros

Logo que descemos do ônibus já compramos os ingressos (Castelo e Palácio da Pena por 18 euros) e caminhamos em direção a entrada do Castelo. Caminhamos um pouco por lá, sentimos muito frio, vimos muitas nuvens, mas com o tempo horrível que estava o passeio acabou sendo curto.
Pegamos o ônibus e nossa próxima e última parada foi o Palácio da Pena, e como ele fica bem no alto pagamos 3 euros para subir e descer de jardineira. O palácio é bem bonito e o passeio foi bem gostoso, mas a vista ficou bem prejudicada com o tempo fechado e imagino que em um dia de sol o passeio seja bem mais agradável.
Olha a gente no meio das nuvens!!

Embarcamos no próximo ônibus e voltamos para a estação para pegar o
Palácio da Pena
próximo trem, e por ironia do destino, quando chegamos a estação o sol já estava aparecendo e o céu abrindo.
Na estação perguntamos se o estádio da Luz ficava perto da estação Benfica de trem e nos informaram que sim, eu não sei se sou mais sedentária que eles ou se a palavra perto tem outro significado em Portugal, mas andamos muitoooo antes de chegar ao estádio e ainda atravessamos uma avenida bem larga e sem sinal correndo para poder passear pelo estádio. 
Estádio da Luz
Chegamos inteiras e compramos nossos ingressos para o próximo passeio e aproveitamos para conhecer a loja do clube e passear um pouco pelo lado de fora. Eu sou fã de estádios de futebol e gostei muito de conhecer mais esse. A nossa guia era super simpática e nos contou várias histórias do clube, tiramos muitas fotos, visitamos os vestiários, o campo, conhecemos uma das águias que sobrevoam o campo em dia de jogo. O estádio estava sendo adaptado para ser entregue a UEFA para a final da Champions.


Felizes e já com saudades, nos despedimos do estádio, demos uma passada na Colombo, compramos nosso jantar e voltamos pro hotel para terminar de arrumar as malas e descansar porque o dia seguinte ia ser puxado.
10.9.14

Eurotrip 2014 - Lisboa - 08/05

Vista linda, mas apavorada na ponte.
Depois de tomar café da manhã saímos para continuar explorando a
Oceanário
cidade. No roteiro original a gente iria passear pelo centro de manhã e depois iria ao Parque das Nações, mas resolvemos inverter e pegamos o metrô para o Parque das Nações. Descemos na estação de metrô que fica pertinho do Shopping Vasco da Gama e seguimos direto para o Oceanário. A gente conheceu o Sea Life em Londres e gostamos mais do de Lisboa, cada área super bem ambientada, a gente sente a diferença na temperatura e umidade conforme a gente conhece os habitats dos animais e chegamos até a ficar perto de alguns. 


Bem perto do Oceanário fica uma das entradas do Teleférico,
compramos nosso ticket de ida e, apesar de rápido, o passeio é delicioso. O céu estava azulzinho, parecia até se misturar com a água do Tejo e a Torre Vasco da Gama ali no fundo, ficando cada vez mais perto. Passeio imperdível. 
Tiramos várias fotos da torre e voltamos caminhando pelo parque até o Centro Comercial. Uma voltinha pelas lojas e paramos para almoçar no restaurante Serra da Estrela, comi um bacalhau com natas bem gostoso, depois um sorvete Haagen Daz e embarcamos no metro ate a estação Restauradores para conhecer mais um pouco do centro.
Teleférico

A Torre ao fundo...

Muuuuito vento

Parque gostoso.

As bandeiras dos países que participaram da ... 
Caminhamos até o Elevador Santa Justa, o único elevador vertical
Elevador Santa
Justa
da cidade que nos levou rapidinho até a cidade alta. Como a gente utilizou o bilhete do metrô, tivemos que pagar um euro e cinquenta para subir ao miradouro, a vista é bem legal, mas não é muito diferente da que você terá em outros miradouros. Caminhamos até o Largo do Carmo, conhecemos a Igreja do Carmo e a Igreja de S Roque, nos perdemos um pouco mas chegamos ao Miradouro S Pedro de Alcântara. Sentamos um pouco para apreciar a cidade vista do alto e pegamos o Elevador da Glória.


Miradouro da Glória

Igreja do Carmo

Igreja de S Roque.

Miradouro S Pedro Alcântara

Elevador da Glória

Dentro do Bondinho
Disney freak que sou, estava louca para conhecer a Disney Store e
como meu poder de persuasão é bom, convenci a Joyce e lá fomos nós pegar o metro até a estação Colégio Militar para visitar o Centro Comercial Colombo e conhecer a Disney Store. De todas as lojas da Disney que conhecemos na viagem, essa era a que tinha mais produtos do filme Frozen, e apesar de sair bem carinha, comprei a boneca Ana pra minha afilhada e ela se juntou a Elza na mala pra esperar um possível encontro com o Olaf no futuro. Compramos nosso jantar no mercado Continente e voltamos pro hotel pra jantar e descansar.

About Me

Minha foto
Fer Santos
Sou uma pessoa que ama viajar e, em 2011, me apaixonei pelo mundo mágico de Walt Disney!!
Visualizar meu perfil completo

Roteiros Personalizados

Roteiros Personalizados
A melhor forma de não perder nada em Orlando
Tecnologia do Blogger.

Seguidores