29.12.15

EUA 2015 - Diário de Bordo - Miami - 19 e 20/01



 Era nosso último e único dia inteiro em Miami e decidimos que a
gente ia deixar o dia livre para curtir como a gente achasse melhor. Então acordamos um pouco mais tarde e comemos no quarto mesmo antes de se arrumar para ir pra praia. O hotel ficava bem perto da praia e emprestava toalhas para os hóspedes, então a gente foi andando mesmo. Chegamos lá e meu irmão alugou cadeira e guarda sol para aproveitar um pouco, coloquei os pés na água, mas achei a água fria, então deixei eles aproveitando enquanto dei uma volta pela praia e depois fui explorar um pouco de Miami Beach.
Comecei passando pela loja do Miami Ink, depois almocei no Five Guys, provei os cookies do Insomnia Cookies e voltei pra praia quando eles estavam voltando para o hotel. 


Minha cunhada tinha deixado algumas coisas que ela precisava comprar
pra última hora e eles decidiram ir pro walmart, como eu estava sem dinheiro e cansada, resolvi ir dar mais uma volta pela Lincoln Road, voltei, tomei um banho de banheira e como eles iam demorar, sai pra passear pela Ocean Drive pra tomar um suco.
Eles voltaram e a gente saiu pra comer algo rapidinho e voltamos porque a maratona de arrumação de malas ia começar e só terminou no meio da madrugada. Viajar é bom, mas arrumar as malas... hehehe

A gente estava exausto e abortamos qualquer ideia de fazer alguma coisa antes de ir pro aeroporto. Levantamos o mais tarde possível
para conseguir arrumar tudo e sair do quarto no horário certo. Colocar tudo dentro do carro foi uma tortura, mas deu certo. Minha cunhada ainda passou em uma loja para comprar um vídeo game e seguimos para o aeroporto. O GPS falhou de novo, mas deu certo. Deixamos ela com as malas e com a minha afilhada no embarque e seguimos para devolver o carro, mas antes paramos para abastecer. a devolução do carro foi rápida e tranquila e logo estávamos todos juntos com toda nossa infinidade de bagagem na fila do check-in. Tudo certo e ainda bem que a gente só teria que pegar tudo aquilo no Brasil, porque a gente tinha muitaaaa mala. 
Chegamos cedo no embarque e comemos algo por ali mesmo. Voo no horário, conexão bem mais tranquila em Atlanta e cansados como a gente estava, não demorou muito até eu pegar no sono e acordar quando o avião já estava há poucas horas de SP.
Tudo tranquilo para pegar as malas e passamos direto pela alfândega, cansados, mas cheios de história para contar e ansiosos para retornar um dia.

9.11.15

EUA 2015 - Diário de Bordo - Miami - 18/01

Como o dia era de compras, a gente não teve muita pressa para se
arrumar e tomamos café no quarto mesmo com algumas coisas que vieram de Orlando mais o que compramos no Walmart. Todos alimentados e prontos, partiu Sawgrass.
Compras não é meu passatempo favorito, ainda mais quando estou viajando, mas a gente precisava comprar algumas coisas e resolvemos ir conhecer esse tão falado mall. Ele é enorme e com muitas lojas, mas achamos ele muito longe de Miami Beach. Quando chegamos, decidimos nos separar para otimizar o tempo e combinamos nos reencontrar umas 4 horas depois. Eu lembro que fui em várias lojas e comprei roupa, cosméticos, funko, chocolate, coisas da Disney e achei a caneca da Mel que tinha quebrado. Almocei o meu hot-dog preferido do Dennys e encontrei com eles no local marcado.
Enquanto eles finalizavam as compras eu e a princesa provamos o famoso sorvete Dippin dots e a Prin ainda fez massagem naquelas cadeiras que tem nos shoppings.
Voltamos pra Miami bem cansados, mas eu ainda tinha que ir buscar meu telefone na loja da Lincoln Road e a cunhada queria procurar um Walmart. Ficamos chocadas quando descobrimos que não tinha nenhum próximo e como ia ser demorado, eles me deixaram na Lincoln e foram procurar. Peguei meu telefone e fui matar a saudade do delicioso sanduíche do Shake Shack. Bem alimentada, fui passeando pela Lincoln quando encontrei meu irmão com as meninas, eles estavam sem GPS e desistiram de ir. Enquanto eles entraram em uma loja, eu corri no banco para sacar dinheiro e voltamos ao Shake Shack para eles comerem.
Ainda andamos um pouco por ali antes de voltar pro hotel para descansar.


12.10.15

EUA 2015 - Diário de Bordo - Hotel e viagem para Miami - 17/01

Nosso paraíso por alguns dias!!
Acordar sabendo que é hora de dizer até logo para esse lugar
maravilhoso não é das coisas mais agradáveis de uma viagem, mas decidimos aproveitar mais um pouco do hotel pela manhã e seguir para Miami na parte da tarde, mesmo assim a gente acordou cedo para a difícil missão de "arrumar" as malas e colocar tudo no carro. Não foi missão fácil e pra variar a estressadinha aqui se irritou, mas missão dada é missão cumprida e o meu super irmão conseguiu colocar tudo lá dentro, tinha mala, sacola e coisa para todo lado, mas deu certo. Com tudo dentro do carro, levamos ele para o estacionamento próximo a entrada e como a minha cunhada precisava lavar roupa, a gente foi para a área da piscina pras meninas brincarem enquanto a roupa lavava.




Eu fui passear pelo hotel e conhecer as demais áreas, a Princesa
convenceu o pai e caiu na água com meu irmão. O dia estava lindo e foi muito gostoso ganhar essas horas de bônus. Quando a gente conseguiu tirar eles da água, aproveitamos para almoçar, pra fazer as últimas comprinhas na lojinha do hotel e pra brincar no Arcade. Acho que se a gente pudesse, ainda estaria lá arrumando desculpas para ficar mais um pouquinho, mas chegou a triste hora de dizer até logo e seguimos para nosso super carro para seguir caminho para Miami.



Eu li muito a respeito desse trajeto e todo mundo dizia que era
super tranquilo e foi mesmo. Assim que deixamos Orlando, as meninas dormiram, mas como boa irmã que sou eu fiquei acordada e papeando com ele a viagem toda. Depois que escureceu, elas acordaram e decidimos parar para tomar um lanche e ir ao banheiro. Encontramos Earl´s na parada, mas eles não tinham brownie, Acabei comendo pretzel do Aunt Annie´s que eu amo.
Foi pegar a estrada de novo para baby prin fazer cocô e ter que parar de novo na próxima oportunidade... hehehe. Eles disseram que a Plaza seguinte era bem mais bonita, mas eu fiquei esperando no carro.
Chegamos a Miami e tudo parecia muito tranquilo, até que o GPS apontou que a gente tinha chegado ao destino, mas a verdade era um prédio comercial ou um shopping e não um hotel. O simpático do maluco do GPS nos levou para o outro lado da cidade, a gente só estava mais de mil números de distância do hotel. 
Quando conseguimos chegar, fizemos o check-in e deixamos as malas e as meninas lá e fomos procurar um lugar para estacionar. Os estacionamentos variaram entre 15 a 60 dólares por dia e o que utilizamos ficava uns 4 quarteirões de distância. Carro estacionado, voltamos para o hotel e demos uma volta pela redondeza para começar a aproveitar o clima de cidade praiana antes de voltar pro hotel pra descansar.
4.10.15

EUA 2015 - Diário de Bordo - Hotel e Jogo de Basquete - 16/01

Ai que vontade de entrar!!!
A ideia original era repetir um parque da Universal nesse dia, mas estavam todos tão cansados que
acabamos decidindo aproveitar o dia no hotel e depois ir pro jogo de basquete do Orlando Magic. Como o passeio por Boardwalk acabou sendo deixado de lado e eu queria muito conhecer, eu acordei bem cedinho para me arrumar e pegar um ônibus para o DHS, de onde peguei um barco para Boardwalk. A manhã estava bem nublada e gelada, então minha primeira parada foi a Boardwalk Bakery para tomar café da manhã. A Bakery tem umas mesinhas do lado de fora e foi muito gostoso ficar ali sentada, tomando um chocolate quente e curtindo aquela vista linda. Como era muito cedo, todas as lojas e restaurantes ainda estavam fechados, mas o passeio valeu a pena mesmo assim. Fiquei encantada com aquele lugar e só não fiquei mais tempo porque o vento estava judiando.
Bom...


Lugar lindo demais.
Voltei pro hotel e foi bem triste passar pelo DHS e não poder entrar. Cheguei na hora que o pessoal
estava acordando, meu irmão e cunhada precisavam voltar ao Outlet para comprar algo que estava faltando, mas disseram que voltariam logo (voltaram mais de 5 horas da tarde... rs), então eu e Prin decidimos aproveitar o hotel. Começamos pela Food Court para ela tomar um leite e ficamos na área da piscina um tempão. Achei bem interessante que existe uma programação bem extensa nessa área, mesmo sendo inverno. A Prin brincou de bingo (foi a segunda a completar a cartela e ganhou um brinde), teve música, tipo uma pool party e o dia foi esquentando... 
Paramos de brincar para almoçar e a criança estava louca para entrar na piscina. Só que eu não
conseguia falar com os pais dela para descobrir a senha para abrir a mala e pegar as coisas dela. O dia foi passando, a tia foi ficando agoniada porque não ia dar pra ela aproveitar porque ia acabar anoitecendo e esfriando muito, então decidi colocar uma camiseta minha de corrida nela e levei a bichinha pra piscina. Ela ficou tão feliz de poder entrar que nem ligou de estar de camiseta e se divertiu bastante na piscina do Nemo. Voltamos pro quarto, tomamos banho e ficamos esperando os outros chegar para poder ir pro jogo!
Meu amor e eu no lugar que sonhamos
 conhecer juntas por tantos anos.
Almoço saudável... sqn
Feliz de poder se molhar...
 Chegaram, a gente terminou de se arrumar e partimos para o Amway Center. Acho que levamos
mais de 40 minutos para chegar, pois pegamos trânsito, conseguimos estacionar em um edifício bem próximo e chegamos quando o hino já estava rolando.
Basquete nunca foi um dos meus esportes favoritos, mas gostei muito de ter ido. A estrutura é excelente, com lojas, restaurantes, shows na quadra e o jogo acabou bem antes do que a gente queria. A gente estava bem cansado, mas todos acharam que a experiência valeu muito a pena. As meninas se divertiram, tiramos muitas fotos, torcemos muito e ainda comi meu amado hot dog do Nathans e sorvete. Voltamos pro hotel mortos, fiquei com a Prin no hotel e os demais foram no walmart comprar algo que eles precisavam. Fomos dormir felizes por mais um dia especial, mas com os corações apertados pois estava chegando a hora de se despedir deste lugar tão mágico e onde a gente foi tão feliz nesses dias...







21.9.15

EUA 2015 - Diário de Bordo - MK e Jogo do Corinthians - 15/01

Acordei bem cedinho, me arrumei e fui encontrar a Mel na praça de
alimentação pra tomar café. Eu tinha lido muitas reclamações que diziam que a área da Pequena Sereia era muito longe do prédio principal e sai do quarto bem antes do horário marcado, aproveitei para ir admirando os detalhes do hotel e fiquei esperando um pouco até que eles chegaram. Tomamos café, conversamos um pouco, nos despedimos (eles iam seguir para Miami nesse dia) e voltei pro quarto para acordar a Prin. 
O dia estava reservado para repetir um parque que ela escolhesse e ela ficou na dúvida entre MK e Epcot, mas acabou pedindo pra voltar pro MK. Os demais já tinham decidido ir as compras, então seríamos só nós duas
hoje. A manhã estava nublada e fria, mas encaramos o mau tempo e seguimos para a área dos ônibus.
O ônibus chegou rápido, e o caminho até o parque é bem curto. Como o ônibus nos deixa na entrada do parque, não precisamos escolher entre Monorail e Ferryboat. Tiramos algumas fotos em frente a estação de trem e assim que entramos no parque a gente foi tirar foto com a Sininho e com a Branca de Neve.
Como era nosso terceiro dia no MK, a gente foi andando pela Main Street com calma, parando para ver algumas apresentações que aconteciam por lá. Quando chegamos em frente ao Castelo, faltava pouco tempo para o show Dream Along with Mickey que eu perdi na primeira visita, então decidimos assistir e ele continua lindo como eu imaginava.



Seguimos para Frontierland para tirar foto com a Jessie e o Woody.
Acho que aqui aconteceu um dos momentos que a princesa mais curtiu. Como ela não fala inglês, ela sempre pedia pra eu falar algo pros personagens, acho que assim ela sabia sobre o que a gente estava falando e se sentia melhor, e como eu tinha comprado uma pelúcia de cada pra ela, ela pediu pra eu dizer a eles que ela iria levá-los para o Brazil com ela. A Jessie pegou na mão dela e foi saindo de lá, ela me olhava com uma carinha de quem não estava entendendo e a cast member pediu que elas voltassem. A Jessie "disse" que estava indo embora com ela. Ela amou muito... Aproveitamos que o café da manhã dela
foi fraco, compramos um balde de pipoca e seguimos para a atração da Ariel, que estava fechada e sem previsão de reabertura. Como a gente tinha FP agendado, nos deram uma lista de atrações que a gente podia ir, e a gente foi pro Peter Pan. Aproveitamos que a gente estava perto para ir ao Pooh que além de fofo, tem uma fila interativa bem legal e tiramos foto com as irmãs da Cinderela. A madastra e a Fada Madrinha estavam de folga nesse dia. 





Na Tomorrowland, repetimos o Buzz (a Prin ganhou de mim só de
206.900 a 7.800) e fomos procurar o Stitch. Um cast member nos informou que ele não devia estar mais por lá, pois costuma ficar na área de manhã para fotos... Seguimos meio tristes, até que ela o viu e deu um grito antes de sair correndo para tirar foto. Aproveitamos que a gente estava por lá e fomos ao Astro Orbiter (comi bola e esqueci do People mover).


A fome já estava apertando e voltamos para Fantasyland para almoçar
no restaurante do Pinóquio. Não lembro o que a prin pediu, mas eu comi uma flatbread deliciosa. Na saída entramos na fila para tirar foto com as Ratinhas do filme da Cinderela. E voltamos para a atração da Pequena Sereia que estava funcionando. Atração feita, entramos na fila para tirar foto de novo e começou a chover. 
A garoa não estava com jeito de que ia parar e a gente já tinha feito tudo o que planejava então decidimos ir embora, mas antes passamos pela Liberty Square para tirar foto com a Tiana. Contornamos o

castelo e seguimos pela Main Street, entramos em algumas lojas, fizemos as últimas compras, compramos uma maçã do Olaf, tiramos algumas fotos e nos despedimos do Castelo com um Até Logo e o coração agradecido pelas bençãos que vivemos naquele lugar em que sonhamos conhecer por tanto tempo. Lembro de ter falado pra ela que se Deus quiser, um dia a gente volta, e ela me respondeu que é claro que sim, voltaremos muitas vezes... 
Voltamos para o hotel e a nossa porta estava travada, demorou mais de uma hora até que conseguissem resolver e a gente já estava atrasada pro jogo. Ainda bem que o jogo era no complexo da ESPN que é colado ao hotel, então pegamos um táxi e fomos pra lá.
Logo depois que chegamos, voltou a chover e meu irmão demorou um
pouco para chegar. Quando conseguimos entrar o jogo já tinha começado e a estrutura não era muito boa para um dia de chuva. De qualquer forma, valeu a pena ver nosso Timão jogar em terras estrangeiras. Apesar do tempo terrível e da chuva quase o tempo todo, as Princesas se divertiram e valeu muito.
Jogo terminado, voltamos pro hotel para tomar banho e descansar. Antes a Ari e eu fomos até a praça de alimentação para comprar alguma coisa pra gente comer no quarto mesmo.





About Me

Minha foto
Fer Santos
Sou uma pessoa que ama viajar e, em 2011, me apaixonei pelo mundo mágico de Walt Disney!!
Visualizar meu perfil completo

Roteiros Personalizados

Roteiros Personalizados
A melhor forma de não perder nada em Orlando
Tecnologia do Blogger.

Seguidores