13.2.16

Orlando 2016 - Diário de Bordo - Hotel, Boardwalk, Pasta in the Park 09/01

Levantamos cedo, tomamos café e tentamos chegar até a Álamo do Car
Care Center para tentar resolver um problema com o cartão, mas encontramos tudo fechado para a Meia Maratona e nos aconselharam a voltar pro hotel e tentar depois das 11h30. Então voltamos para aproveitar o hotel, como tínhamos programado.
Saímos da cabana andando em direção ao Meadow Trading Post para dar uma olhada na lojinha e seguimos para a área da piscina. Tinha uma cast member ali com patinhos de borracha para
gente pintar e, claro que fizemos a nossa arte. A manhã estava nublada e com bastante neblina, estava até um pouco frio. Ali na área tem alguns lugares para jogar volêi, tênis, algo parecido com bocha. 
Ali perto passamos pela área de motorhomes que é bem bacana e parece ter uma estrutura bem boa até que chegamos na área que fica perto da Marina para visitarmos o Ranch com cavalos lindos que trabalham no complexo, inclusive no MK. Ali dentro tem uma espécie de "museu" bem pequeno contando da importância dos cavalos e ainda toca uma musiquinha de carrossel fofa.

Ali também fica a área em que acontece o Backyard Barbecue,
os restaurantes do hotel, uma lojinha e playground. Pegamos o ônibus para retornar para a cabana pra colocar roupa de banho e aproveitar a área da piscina, pois o sol tinha dado o ar da graça e seria um pecado sair de lá sem dar um mergulho. A água não estava gelada e deu pra aproveitar bem, além disso ainda ficamos um pouco na jacuzzi.
Relaxados e animados, retornamos pra cabana para tomar banho. Arrumados e cheirosos, seguimos para o Care Center e resolvemos tudo bem rápido antes de seguir para o Boardwalk.


Em 2015, eu estive nessa área para tomar café da manhã em uma manhã
fria e nublada e já sai encantada. Nesta segunda visita, com tudo aberto e cheio de gente em um fim da tarde, o Boardwalk virou presença garantida em qualquer viagem para Orlando, pena que a gente não teve tempo de explorar a área e seguimos de barco, direto para o Beach Club para provar a famosa pia que eles vendem por lá. O hotel é lindo, bem clima de praia bem VIP. Pena que mal deu tempo de terminar o sorvete e começou a chover muitooooo. Seguimos para o Epcot caminhando debaixo de chuva forte e chegamos lá bem molhados. 


O ingresso do Pasta nos dá direito de entrar no parque às 18 e o
evento começa às 19h, a gente queria entrar as 18h para tentar aproveitar um pouquinho do parque, mas a única coisa que aproveitamos foi a entrada de uma lojinha do pavilhão do Reino Unido. 
Entramos no evento ainda com chuva, mas o local é coberto, então a chuva não atrapalhou em nada. A gente estava ansiosa para encontrar o Dunga no evento e nos surpreendemos quando descobrimos que esse ano a gente encontraria personagens do Toy Story.
Assim que entramos já procuramos uma mesa e seguimos para o buffet que oferecia dois tipos de massa, frango, salada, breadstick. Acho que foi a refeição mais cara
que já paguei e a comida nem era tudo isso, mas a sobremesa, os personagens e o DJ super animado fizeram valer cada centavo.
Alimentadas, corremos para tirar fotos com o Lotso, Jessie que estava com o Bala n Alvo e Woody que estava com o Buzz. Fotos tiradas, comi mais um pouco e logo vi que a sobremesa estava sendo servida. Eles servem sorvete do Mickey e cookie sandwich. Infelizmente eu só consegui comer um de cada, por mim eu estaria lá até hoje tomando sorvete. E logo o DJ começou a tocar várias músicas dançantes e a pista foi ficando cheia e acredito que ficamos mais de uma hora pulando, dançando e nos divertindo a valer. Quando estou na Disney é que tenho certeza que realmente nossa idade é só um número, eu me divirto como qualquer criança, sem vergonha nenhuma.




A festa acabou e fomos direcionados para a entrada do World Showcase
para ver o Illuminations em um lugar reservado, e São Pedro tinha dado uma trégua e não tinha nem uma garoa... Nem sei como explicar a alegria de poder ver aquele show tão lindo, em um lugar super VIP. O show vale muito a pena e seria triste se não tivesse acontecido por causa da chuva. 
Quando o show acabou, o parque já estava fechando e voltamos para a entrada que fica no World Showcase para caminhar de volta para o Boardwalk para pegar o carro e voltar pro hotel, pois os maratonistas precisavam descansar para o grande dia. 



2.2.16

Orlando 2016 - Diário de Bordo - 08/01 - Universal Studios

Nossa casa!!
O que uma Potterhead pode estar sentindo quando ela acorda e é dia de Universal??? Mesmo com o app indicando que teríamos chuva em uma boa parte do dia, eu acordei mega feliz, afinal ia voltar ao meu pedaço favorito de Orlando. 
A gente acordou bem cedo e tomamos café no quarto mesmo, pois nosso objetivo era chegar ao parque antes mesmo da abertura para aproveitar ao máximo, já que a gente só tinha um dia para os dois parques. Quando chegamos ao Citywalk ainda não chovia, mas logo começou a garoar e antes mesmo de conseguirmos entrar no parque (tivemos um probleminha com nossos ingressos) já chovia muito.
Nosso roteiro nos mandava direto para a Despicable Me, mas pra nossa tristeza ela estava fechada para manutenção e ficaria assim o dia todo. Como estava chovendo, decidimos fazer a Múmia que estava com 5 minutos de fila (o resto do grupo até repetiu). Quando saímos a chuva tinha dado uma trégua e eles seguiram para a Rock it, eu queria tirar foto com o Burro, mas ele só apareceria mais tarde, então desisti e fiquei com as malas enquanto os amigos radicais se divertiam. Como a atração dos Minions estava fechada, a gente encarou o Transformers com fila pequena também antes de ir para Londres. 





A área do HP no Universal Studios começa com uma área bem bonita que reflete Londres, e nós paramos para tirar foto com o Noitibus, na parte de trás você consegue ver como ele é por dentro e tirar fotos bem legais, mas enquanto a gente se divertia com o ônibus, voltou a chover muito e a gente correu para o Beco Diagonal. Visitamos a loja dos Weasley´s, a loja de Varinhas do Gregorovitch (ganhei a varinha das varinhas de presente e quase morri de amores por ela), aproveitamos que a área um pouco acima da loja dos Weasley´s é coberta e ficamos um pouco por ali, admirando os detalhes.
Entramos na Gringotts Money Exchange, onde você pode comprar souvenirs do banco, trocar USD por dinheiro bruxo e ainda conversar com um duende que trabalha no banco. Tomamos uma poção da paz que comprei na Eternelles´s Elix of Refreshment stand e já que ainda chovia, decidimos correr para a atração do Gringotts. Quando a gente saiu, a chuva tinha dado uma trégua e pudemos passear pela área e como a fome já estava apertando, entramos na fila do Caldeirão Furado para almoçar. Pedi Fish and Chips que estava deliciosa, e ainda dividi um prato de sopa de ervilha com salada com a Mel. Quase explodi de tanto comer, mas ainda teve lugar para a sobremesa, eu não me lembro o nome, mas era parecido com um mousse de butterbeer que estava bem gostoso.






Bem alimentados, passeamos pela Travessa Tranco e tiramos algumas fotos pelo beco e em frente a casa do Sirius antes de pegar o Hogwarts Express e trocar de parque. Não sei se existem palavras para expressar o quão maravilhosa essa atração é. Se eu pudesse, ficaria indo e vindo o dia inteiro.
Se o Universal Studios estava bem tranquilo, o Islands estava lotadoooo, a fila do Castelo estava em 60 minutos, mas decidimos encarar, e valeu a pena, como sempre. 






A atração do Hipogrifo estava com uma fila grande, então pulamos e
como eu não sou fã de montanha russa, eu fui passear pelas lojas enquanto eles foram ao Dragon´s Challenge. Passeei pelas lojas, comprei meus doces preferidos e alguns souvenirs, comprei uma butterbeer frozen e fiquei um pouco sentada no Corujal enquanto esperava por eles. Assim que eles saíram, a gente saiu dessa área para brincar nas outras atrações do parque. 
Passamos direto pelo Lost Continent e pela área do Dr Seuss, e como a Hulk está fechada, seguimos para a atração do Homem Aranha. Passamos direto por Toon Lagoon porque ninguém estava a fim de se molhar mais e corremos para a área do Jurassic Park para tirar foto com o dinossauro, mas também desistimos da atração e voltamos para Hogsmeade para pegar o trem de volta para Londres, ou para o Universal Studios.




Como a fila da cabine telefônica do Ministério da Magia estava
pequena, esperamos para tirar uma foto e para digitar o número do telefone do Ministério na esperança de escutar uma mensagem, mas ou a história é mito, ou não demos sorte pois o telefone continuou mudo.Entramos no Beco para admirá-lo a noite e também porque eu estava doida para provar o sorvete de morango com pasta de amendoim. Como a gente ainda tinha tempo, o pessoal foi para o MIB enquanto eu fiquei apreciando o meu sorvete e ainda assistimos o Horror Make-up show, que eu nunca tinha visto e gostei bastante.
Já estava na hora do parque fechar, então corri em uma loja para comprar o moletom do irmão e nos despedimos deste lugar que tem um pedacinho do meu paraíso.
Nossos planos eram de jantar no Cheesecake Factory e eu também precisava ir na Apple tentar trocar o celular da minha cunhada, mas a loja já estava quase fechando e tive que deixar agendado para o dia que a gente iria no Florida Mall e o restaurante estava com uma hora de espera, então desistimos de esperar, pedimos nossas cheesecakes no balcão para levar e passamos no Whole Foods para comprar nosso jantar. Quando chegamos na cabana, Lan e MM ainda estavam acordados e ficamos conversando um pouco enquanto jantávamos. Deixamos eles descansar e fomos pro quarto começar a colocar ordem na bagunça, tomar banho e cama porque ainda tinha muito dia especial pra frente.

About Me

Minha foto
Fer Santos
Sou uma pessoa que ama viajar e, em 2011, me apaixonei pelo mundo mágico de Walt Disney!!
Visualizar meu perfil completo

Roteiros Personalizados

Roteiros Personalizados
A melhor forma de não perder nada em Orlando
Tecnologia do Blogger.

Seguidores