19.4.13

Fim de Ano em Santiago - Cont. 31/12 - Noite de Ano Novo.


Como eu tinha mencionado no post anterior, Santiago para na noite
do dia 31/12 e durante todo o dia 01. Como a gente voltou pro Brasil em um voo super cedo, a gente decidiu comprar nossa “ceia” de Ano Novo no mercado próximo ao hotel. Compramos empanadas, suco, refrigerante e medi alunas de sobremesa. Decidimos não ir pra um restaurante porque muitos estariam fechados e os demais eram bem carinhos.
Mas passar a virada no hotel não me agradou muito, e como sou um pouco claustrofóbica, a queima de fogos da Torre Entel também não era a melhor opção. 
Tive muita dificuldade de achar informações sobre qualquer outro tipo de celebração até que encontrei em um blog a indicação da Festa com queima de fogos no Pueblito de Los Dominicos.
Algo que me decepcionou muito em Santiago é a falta de informação. Nas ruas a gente encontrou pouca sinalização e ninguém conseguia me confirmar se a festa continuava acontecendo. A gente só teve certeza quando viu o palco sendo montado na tarde do dia 31.

Tomamos banho, comemos nossas saborosas empanadas e antes das 10h
pegamos o metro. Para facilitar o deslocamento das pessoas o metro funcionaria até o início da madrugada e achei tudo super tranquilo e seguro.  
A estação de metro fica em frente a rua que estava fechada pra festa com direito a muita música e um clima super familiar. Tinham várias famílias pelos gramados fazendo um piquenique a luz de velas mega animado. Passeamos, ouvimos música e a meia
noite assistimos a uma bela queima de fogos. Foi uma bela maneira de encerrar 2012. Logo que acabaram os fogos pegamos o metro de volta pro hotel pra terminar de arrumar as malas e dormir um pouco porque nosso voo saia de madrugada.
No aeroporto, como a gente já esperava, tudo fechado, inclusive o free shop.  O voo e a imigração foram tranquilos (claro que com 1 mala de 15 kg não dava pra ter muito problema), mas só encontramos um agente que nos desejou bom dia . Cheguei em casa há tempo de almoçar com a minha família. 
Coisa de turista!! Tirando foto no metro.

14.4.13

Fim de Ano em Santiago - Dia 31/12 - Concha Y Toro, Los Dominicos.



Em nosso último dia em Santiago reservamos uma visita a vinícola
Concha y Toro. A nossa visita estava agendada para as 11h40 e a gente decidiu ir de metrô + táxi, o valor cobrado pelas agências era bem alto e a gente estava viajando bem no esquema de economizar. O trajeto demorou pouco mais de uma hora e saímos do hotel com uma boa margem de segurança. Tomamos nosso último café da manhã no hotel e pegamos o metrô em direção a Estação de Las Merces (na volta descobrimos que uma estação a frente seria mais perto) e pegamos um táxi. O trajeto é bem rapidinho, mas não me lembro quanto pagamos. 



Chegamos a vinícola faltando uma meia hora pro horário agendado, pagamos o taditional tour (USD 17.00). Eles aceitaram dólar pro pagamento e fomos caminhando pela propriedade e batendo fotos até chegar ao lugar marcado. 
Nós escolhemos o traditional tour pois a diferença entre ele e o "Marques de Casa Concha" é o preço e o número de vinhos que você irá degustar e, considerando que o meu foi parar no ralo do banheiro, não compensaria pagar a diferença.

 O passeio é curto mas lindo. Pesquisei bastante a vinícola que visitaríamos e não me arrependi, achei simples mas pra uma leiga como eu, que ama experiências e lugares lindos foi bem bacana, mas acredito que existam vinícolas com experiências menos comerciais e mais cheias de história pra quem é um apaixonado. Visita feita, vinho "degustado" solicitamos um táxi na portaria e dividimos o táxi com um casal de brasileiros que conhecemos lá. 




Eu estava louca pra provar o pastel de choclo (parece um escondidinho) e imaginei que iria encontrar no apaixonante
Pueblito de Los Dominicos, então demos uma passada lá pra provar um acompanhado de um delicioso suco de framboesa. Apaixonadas por milho, nós amamos... dividimos um e ficamos satisfeitas. Mais uma passeada pelo lugar e voltamos pro hotel. Na volta paramos no mercado pra comprar nossa "ceia", uns chocolates e pisco pra trazer pro Brasil. Se existe algo que não gostei em Santiago é que tudo, absolutamente tudo, fecha cedo no dia 31/12 e nada abre dias 25/12 e 01/01, nem o free shop estava aberto. 
Aproveitamos pra curtir mais um pouquinho a piscina do hotel (que pela primeira vez estava cheia). Descansamos um pouco pra nos arrumar pro nosso primeiro réveillon abroad. Mas vou deixar pra falar sobre ele no próximo post que já escrevi demais.

About Me

Minha foto
Fer Santos
Sou uma pessoa que ama viajar e, em 2011, me apaixonei pelo mundo mágico de Walt Disney!!
Visualizar meu perfil completo

Roteiros Personalizados

Roteiros Personalizados
A melhor forma de não perder nada em Orlando
Tecnologia do Blogger.

Seguidores